5 dicas para redução de custos na sua empresa

Em nosso dia a dia na atuação de uma assessoria jurídica empresarial, percebemos que uma das maiores preocupações das empresas atualmente é a redução de custos. Porém, para que essa redução seja bem efetiva, é preciso que se busque atingir esse objetivo sem diminuir a qualidade dos produtos ou serviços oferecidos aos clientes. Além disso, não diminuir na qualidade é importante.

Para fazer isso acontecer, é preciso planejamento, sem mudar totalmente a rotina e os procedimentos da empresa. Uma política de redução de custos feita de maneira impulsiva, além de não ajudar a empresa, pode trazer consequências horríveis ao seu negócio.

Com o fim de auxiliar vocês, empresários, que querem maximizar seus lucros, sem perder a qualidade do que oferecem, seja um produto ou serviço, preparamos algumas dicas para te ajudar a reduzir os custos da sua empresa. Em tempos de pandemia a redução de custos pode ser o que irá salvar o seu negócio.

1. Adquira um bom software de gestão

Uma boa forma de reduzir custos na empresa é contar com um software de gestão. E para que ele serve? Dentre várias utilidades, para organizar e gerar relatórios de todas as áreas, principalmente na área contábil. Até porque, não adianta adotar várias estratégias se os resultados não puderem ser medidos.

É preciso que o software possa alinhar os procedimentos que serão adotados, assim como os objetivos da empresa, suas metas e resultados. A partir disso, será possível verificar se as medidas tomadas para reduzir custos foram realmente eficazes.

Realizar essa gestão de forma manual é totalmente inviável a depender da proporção da sua empresa, já que você também precisaria de colaboradores que fizessem isso exclusivamente sempre.

2. Use ferramentas estratégicas

Fazer uso de ferramentas estratégicas significa adotar procedimentos e softwares que automatizam alguns setores e tarefas. Essa automatização de tarefas fará com que você precise contratar menos mão de obra, organizando o ambiente de trabalho e tornando a rotina da empresa mais eficiente e prática.

Envio de e-mails de forma automatizada, gestão contábil e de finanças, gestão e análise de dados, dentre outros, são exemplos de áreas em que essas ferramentas podem melhorar e facilitar a vida da empresa.

É interessante estar atento pois diversas dessas ferramentas são de fácil acesso, e o mais interessante delas, muitas podem ser facilmente encontradas de forma online e gratuita, como o Google Drive, que permite criar documentos e armazená-los de forma eletrônica. Com ele você não corre o risco de ter os dados da empresa e até mesmo controle contábil perdidos. Além disso, é possível compartilhar os arquivos com os setores necessários.

3. Converse com seus colaboradores sobre sua intenção e planejamento na redução de custos

Para tornar mais fácil atingir seu objetivo, é importante compartilhá-lo com quem está ao seu lado. Toda equipe deve estar com o mesmo foco, de forma que todos não meçam esforços e ajudem na diminuição dos custos.

Cada empregado conhece o seu setor que trabalha, e pode ter uma visão melhor de como seria possível reduzir custos, de forma prática e produtiva no setor que atua. 

O empresário pode viabilizar tudo isso realizando reuniões, principalmente com os encarregados e responsáveis por cada equipe e setor, além de trazer treinamentos. Caso os resultados sejam bastante satisfatórios, pode ainda oferecer alguma bonificação que não irá pesar no orçamento da empresa, para que sirva de incentivo a esses empregados que ajudarem na redução dos custos por setor.

4. Estude e identifique quais são os pequenos gastos que podem impactar muito na redução de custos

O empresário deve ter controle de todos os gastos, mesmo os considerados pequenos. Só assim é possível identificar o que pode ser flexibilizado, com o intuito de diminuir os custos das operações.

Analise alguns gastos que parecem comuns e tente encontrar formas de evitá-los Se isso não for possível, pense ao menos em como é possível diminuir. E isso não está ligado somente aos materiais necessários para produção, e vamos te dar um exemplo.

Imagine quantos copos descartáveis são utilizados mensalmente, e o quanto aquilo pode gerar um gasto a mais na empresa. Se cada empregado levar o seu copo, ou se você mesmo fornecer um que seja reutilizável e não descartável, já será possível notar a diferença no caixa na empresa. Colocar lâmpadas mais econômicas nos ambientes também é uma outra forma de economia.

Esse é um dos maiores segredos que muitas vezes não são levados em consideração. Por isso, falamos no início de estratégia e planejamento como fundamentais para quem deseja de fato ter resultados e diminuir gastos.

5. Considere a contratação de uma consultoria jurídica especializada em redução de custos

Ter uma consultoria jurídica especializada na redução de custos pode ser o diferencial que fará diferença em toda trajetória na sua empresa. É a grande virada de chave! Isso porque, o empresário irá diminuir drasticamente os gastos do negócio, principalmente nas áreas tributária e trabalhista.

Você terá segurança quanto aos tributos que devem ser recolhidos, de quais verbas trabalhistas devem ser pagas, etc. Tudo isso te garantirá que não gastará com custos adicionais.

Se você precisa de consultoria especializada e de um bom advogado empresarial, vale a pena entrar em contato conosco para que possamos te ajudar no crescimento dos seus negócios de forma segura, te ajudando a alcançar a redução de gastos e aumento de lucros na atividade.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Onde nos encontrar

Souto Costa Advogados Associados © 2020 Todos os direitos reservados. Configurações de Cookies. Política de Privacidade.