A melhor forma de negociar uma dívida no cartão de crédito

Será que é possível negociar uma dívida do cartão de crédito? Em nosso tema de hoje vamos abordar a melhor forma de negociar com o banco quando você possui uma dívida no cartão.

Em primeiro lugar, queremos passar o que você não deve fazer na busca por tentar quitar essa dívida. Acredite, há formas de negociação que mais prejudicam que ajudam na hora de tentar quitar a dívida.

O que não fazer:

  1. Pagar o valor mínimo da fatura: essa é uma armadilha que muita gente acaba caindo, pois promove uma falsa sensação de que você está em dia com o pagamento dessa fatura. Mas, porque o pagamento mínimo é tão ruim? Pois você acaba por pagar mais do que o dobro do valor devido. Os juros são altíssimos!
  1. Continuar comprando: essa dica pode parecer óbvia, mas acredite, há quem esteja atolado em dívidas, mas está fazendo novas dívidas. Não seja inconsequente. É necessário colocar as dívidas atuais em ordem. Se você fizer um bom planejamento financeiro, você quita às suas dívidas e passa a optar por poupar, para comprar à vista. Pense nisso.

O que fazer:

  1. Procurar o banco: o primeiro passo é procurar a instituição bancária ligada ao cartão de crédito que você está em dívida. Veja a proposta que eles tem a oferecer. Mas, tome cuidado, como já falamos em nosso blog em outra postagem, os bancos tendem a não oferecer a melhor negociação e vantagem no primeiro contato. Se instrua com um profissional da área.
  1. Estudo do acordo oferecido: nesse momento, antes de aceitar a proposta oferecida, é necessário um estudo do que foi ofertado. Sozinho, provavelmente você não conseguirá definir se aquela proposta é realmente vantajosa. Procure um profissional para te orientar se o contrato objeto da renegociação realmente está de acordo com a lei, e se está sendo vantagem para você.
  1. Aproveitar os mutirões de negociação de final de ano: uma boa dica para quem deseja a melhor oportunidade para dar quitação ou negociar o pagamento parcelado de uma dívida, é através dos mutirões de final de ano. Geralmente, todos os anos no mês de novembro, as instituições bancárias oferecem vantagens para negociação de dívidas com a taxa de juros muito reduzida! Esse é o momento em que terá maior probabilidade de realmente estar fechando um bom negócio.
  1. Cumprir o acordo: esse é o principal aspecto que você deve seguir. Feita a negociação, cumpra com o que foi ajustado. Aproveite a oportunidade que te foi dada e mantenha sua vida financeira em dia, e, mais do que isso, mantenha seu nome “limpo na praça”. Para isso, como já mencionamos e dizemos sempre por aqui, não adquira novas dívidas enquanto não conseguir quitar a anterior, a menos que o seu poder econômico mude para melhor, e com estudo dessa viabilidade econômica seja possível.

Essas foram as nossas dicas práticas do que fazer e do que não fazer na hora de negociar com uma instituição bancária dívidas de cartões de crédito.

Algumas dessas dicas se estendem para qualquer tipo de dívida que você tenha contraído. É importante sempre mantermos posturas que nos encaminhe para uma boa resolução do problema.

Está precisando de orientação de como é melhor negociar uma dívida? Precisa de uma revisão contratual? Quer saber se o acordo proposto pelo banco é vantajoso e legal? Entre em contato conosco e agende seu horário. Nossos profissionais são qualificados. Oferecemos atendimento personalizado, sempre com excelência e seriedade. Fale conosco.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Onde nos encontrar

Souto Costa Advogados Associados © 2020 Todos os direitos reservados. Configurações de Cookies. Política de Privacidade.