Como prevenir fraudes bancárias

As fraudes bancárias sempre foi um fato muito recorrente nos últimos anos. De diversas maneiras, consumidores foram vítimas. Com a pandemia, os brasileiros passaram a utilizar ainda mais os sistemas digitais como sites e aplicativos, para realizarem suas transações bancárias, e com isso houve ainda mais aumento nas fraudes.

Só no internet banking, temos mais de 32 milhões de usuários conectados. O cálculo para o ano de 2020, mostra que houve um prejuízo de 1 bilhão de reais, que corresponde à metade do valor que anualmente as instituições investem em sistema de tecnologia (voltados à segurança da informação), conforme Pesquisa de Tecnologia Bancária 2020 da Febraban.

E quais são as condutas comumente praticadas? Bem, as fraudes acontecem de diversas formas, desde o roubo de informações e dados por sites falsos para comprar irregularmente, como a coleta de dados para realizar empréstimos em nome da vítima.

Estima-se que apenas durante a pandemia o aumento das fraudes bancárias chegou a 70%. Um percentual um tanto quanto assustador.

Além disso, uma pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mostra quais  fatos antecederam a fraude:

  • Perda de documentos pessoais (24%);
  • Roubo, assalto ou furto (21%);
  • Perda de cartão de débito ou crédito (18%);
  • Fornecimento acidental de dados pessoais para terceiros (13%) por telefone, e-mail, WhatsApp ou até mesmo sites.

Em pesquisa, também foi possível observar quais são as fraudes que acontecem com mais frequência. Em primeiro lugar, com 25%, está o cartão de crédito/débito clonado. Em segundo, a contratação de serviços através da utilização de documentos falsos da vítima com  14%. Em terceiro lugar, com 13%, transações financeiras feitas sem autorização, e por fim, com 11%, está o pagamento de serviços que não foram realizados.

Segundo a empresa Simply,  especializada em tecnologia, há formas de prevenir as fraudes bancárias através do uso de alguns recursos:

“Big Data: consiste em coletar um imenso número de informações sobre o negócio que, inicialmente, parecem não ter relação. Mediante análise, é possível encontrar relações, tendências e padrões que indiquem determinados comportamentos.

 Soluções capazes de detectar fraudes através do comprovante de residência já são realidade. Muitos fraudadores utilizam o mesmo comprovante de residência, alterando somente o endereço e o nome. Esta alteração é muito difícil de ser detectada, pois as propostas passam por uma equipe e identificar os padrões de semelhança em um volume alto é quase impossível.

Validação de RG: o Brasil está entre os países mais afetados pelas fraudes de identidade. Por ser um dos documentos mais importantes para os cidadãos brasileiros, usado para a identificação em operações financeiras e de cadastro, o RG está sujeito a diversas fraudes.

Para solucionar o problema das fraudes em documentos, que afeta empresas do mundo todo, a melhor alternativa é recorrer a ferramentas tecnológicas. Elas garantem um nível de precisão e controle superior.

Know Your Customer (KYC): os processos financeiros envolvem várias estratégias para eliminar riscos. Uma dessas estratégias é o Know Your Customer (KYC), utilizada por bancos para avaliar e indicar riscos de cada pessoa e, assim, tornar as suas carteiras de clientes menos expostas a problemas.

Obrigatória por lei, o KYC ajuda a companhia a avaliar melhor os fatores que podem levar prejuízos ao realizar uma venda e, com isso, garantir receitas com mais segurança.  Além de evitar prejuízos e até mesmo problemas legais.

Cartões virtuais: uma nova tendência consiste na geração de cartões virtuais. Esses cartões possuem prazo de expiração bem curto e servem apenas para uma única compra. O cliente que deseja comprar em um e-commerce, por exemplo, gera um cartão na hora do pagamento, insere os dados e finaliza o processo. Depois do período, o cartão não tem mais validade e, portanto, não pode ser utilizado para ações fraudulentas. Embora aumente a necessidade de robustez e estrutura da instituição, é uma medida eficiente para gerar a segurança necessária para as operações.

Múltiplas camadas de segurança: atualmente, o maior desafio das instituições financeiras é garantir uma proteção em múltiplas camadas no mobile banking de modo a dificultar o acesso não autorizado e transações fraudulentas.

Se antes o uso do aplicativo e da senha era suficiente para garantir a proteção, hoje é preciso envolver relações muito mais complexas. Criptografia de dados, biometria e identificação de localização da transação compõem apenas uma possibilidade de conjunto de camadas para garantir a proteção em transações. Há também o envio de códigos para dispositivos previamente cadastrados e outras soluções que, quando adotadas conjuntamente, tornam mais difícil realizar fraudes nas instituições financeiras.

Evolução do TI: a computação na nuvem ainda representa um desafio para as instituições financeiras, já que é preciso transpor uma série de barreiras relativas à segurança. Para contornar essa dificuldade, existe uma tendência de evolução de TI de incorporar novas tecnologias, de maneira segura e totalmente conveniente.

Com isso, é preciso que as instituições financeiras estejam abertas a incorporar novas tecnologias para garantir que haja uma proteção efetiva e dinâmica contra um cenário de ameaças.

Biometria: com a tecnologia fazendo cada vez mais parte das operações financeiras, a biometria também aparece como uma opção para instituições financeiras. O sistema biométrico é complementar às soluções de fraude e pode ser utilizado para fotos ou digitais e também para reconhecimento ou identificação. Esse sistema é compatível com diferentes scanners e permite que a instituição financeira se proteja contra acessos desautorizados por parte dos clientes, por exemplo. Além de consultar uma base de dados para verificar se a foto é de um fraudador”.

Foi vítima de uma fraude bancária? Procure um advogado especialista em direito bancário e saiba mais sobre seus direitos. Fale conosco através de nossos canais de atendimento, será um prazer lhe atender.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Onde nos encontrar

Souto Costa Advogados Associados © 2020 Todos os direitos reservados. Configurações de Cookies. Política de Privacidade.