Qual a importância do advogado para a sua empresa?

Toda pessoa que deseja se tornar um empresário, seja como pequeno empresário ou com uma grande empresa, muitas vezes pensa em fatores como: como fazer um bom investimento, quais os fornecedores vou ter como parceiro, quais os custos da atividade, dentre outros fatores inerentes à atuação.

Entretanto, cada vez mais podemos observar que desde os preparativos para se constituir uma empresa, é importante contar com um bom advogado. No texto de hoje falaremos sobre isso, e você irá entender melhor o porque o profissional é crucial para um bom desenvolvimento da empresa, principalmente para se evitar problemas.

Mas, o que seria a chamada assessoria jurídica? Bem, o advogado é quem irá transmitir o melhor caminho a ser percorrido no âmbito judicial. Porém, o acompanhamento de um profissional vai além, já que ele terá vasto conhecimento no ramo empresarial, e com isso será possível ter sugestões voltadas para prevenção de riscos jurídicos e percepção de todo benefício legal.

Dessa forma, o serviço especializado de advogados para empresários e empresas previne qualquer sinistro. Portanto, esqueça futuros, e gere a possibilidade de manobras legais para vários benefícios econômicos. Tudo isso é possível quando se tem a presença do advogado para prevenir possíveis problemas com a empresa. É essa atuação preventiva que pode fazer toda a diferença para o seu negócio.

O advogado pode atuar de diversas formas e em diversas áreas em prol do desenvolvimento saudável de uma empresa. Veja:

Na área trabalhista: desde a  contratação de seus funcionários é necessário a orientação profissional, a fim de que sejam evitados futuros processos trabalhistas e ainda que ocorram, a empresa estando resguardada desde de o início, terá êxito na ação.

Em questões de natureza tributária: através do planejamento tributário empresarial, buscando a elisão fiscal, que é a implantação de métodos legais buscando diminuir o peso da carga tributária dentro do orçamento da empresa, respeitando sempre o ordenamento jurídico que permitem minimizar o impacto tributário nas empresas, bem como, traçar uma rota de blindagem patrimonial dos sócios, eis que são ele que assumem o risco da atividade.

No setor empresarial: A orientação de um corpo jurídico especializado em atender demanda empresarial é necessária para garantir segurança no planejamento e celebração de negócios e investimentos respeitando as formalidades impostas pela lei.

Para a celebração de contratos: sempre é importante que antes de se firmar um elo contratual, o empresário tenha o aval de um advogado especialista, para que o empresário tenha segurança e tranquilidade com a responsabilidade que estará abarcada assinando aquela minuta, sendo assim, é imprescindível o aval de um advogado nos contratos celebrados pela empresa, tanto em análise quanto elaboração de contratos.

Atuação consultiva: A finalidade do departamento consultivo de um escritório de advocacia servirá como um braço direito do empresário na tomada de decisões acerca do que diz a legislação vigente, ou seja, o que a lei permite ou não fazer e quais as consequências, cabendo ao empresário decidir se os riscos são condizentes com a realidade da empresa.

Atuação no contencioso: neste, como último recurso, a parte contenciosa, na defesa dos interesses da empresa perante os tribunais e órgãos administrativos quando a empresa for acionada efetivamente na justiça ou quando a empresa precisar acionar clientes, fornecedores e etc.

Além  desses pontos apontados em que é possível a atuação do advogado, existem ainda outras funções consultivas em que o profissional pode possibilitar informações importantes para o seu cliente, dentre elas:

  1. Participação e responsabilidade de cada sócio de acordo com a atuação;
  2. Indicativo do que ocorre em caso de dissolução de sociedade;
  3. Cláusula que aborda qual o seguimento da sociedade em caso de falecimento;
  4. Para questões financeiras, estipular valores máximos de autonomia para empréstimos, compras e contratações;
  5. Adequação da estrutura societária;
  6. Ausência de acordo entre os sócios que atuam no negócio e que figuram somente como acionistas.

          Veja como a atuação do advogado em uma empresa é muito mais ampla do que se imagina, já que dará instruções que serão fundamentais para o bom fluir de uma empresa. O advogado empresarial vai muito além do que redigir um contrato para a empresa, ou ainda, defender o empresário judicialmente. Tal atuação se mostra vasta, e pode trazer vários benefícios. Por isso, é sempre importante considerar a participação do profissional adequado, para que sua empresa esteja amparada e bem direcionada a cada passo que for seguir.

          Portanto, podemos concluir que ter uma assessoria jurídica aumenta sua segurança em ações e ainda te possibilita lucrar com isso, até porque com o acompanhamento do profissional você poderá evitar contratos com brechas contratuais usadas contra sua empresa, estar de alguma maneira fora da lei e deixar de cumprir com exigências legislativas.

Quando se tem um advogado especializado, você lucra com a perda anual de despesas por esses erros que geralmente custam caro, e o melhor é que existem diversas formas possíveis de manobras legais, isto é, dentro da Lei, que geram maiores benefícios financeiros.

Se precisa de ajuda jurídica para a sua empresa, fale conosco. Nosso time de especialistas atuantes há anos no mercado podem ajudá-lo a tomar as melhores medidas para sua empresa. Somos experientes no assunto, e atuamos tanto no preventivo como no contencioso.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Onde nos encontrar

Souto Costa Advogados Associados © 2020 Todos os direitos reservados. Configurações de Cookies. Política de Privacidade.